FOI PRECISO AO HOMEM MUITO TEMPO PARA SE ELEVAR ACIMA DA NATUREZA!

TODA A ARTE É CONDICIONADA PELA SUA ÉPOCA... De Ernst Fischer
















quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A ORQUESTRA DE PINK MARTINI

  E CHINA FORBES
A Orquestra de Pink Martini, foi constituída por Thomas Lauderdale, pianista talentoso que em 1994 com um bom grupo de 12 músicos resolveu criar uma Banda que interpreta-se músicas de diferentes estilos, abrangendo os ritmos quentes das Caraíbas e do Sul da Europa, com incursões no Word Music, nos Blues e no próprio Jaz.
A Banda no entanto só atingiu os primeiros sucessos com a entrada de China Forbes como principal vocalista do Grupo.
A empatia que se gerou entre Thomas Lauderdale e China Forbes, contribuiu para que se estabelecesse uma parceria de grande qualidade em termos de composições musicais, que levaram a Orquestra a ser contratada por séries de Televisão de grande sucesso. As suas composições serviram de Banda Sonora em Filmes como “O Sr. & Sra. Smith”, “Em Carne Viva” e muitos outros.
Esta pequena introdução não foi mais do que o pretexto para falar dessa magnífica intérprete conhecida como China Forbes  possuidora de uma voz extraordinária
Que empresta às suas canções uma envolvência sensual que nos seduz e nos cativa.


China Forbes nasceu a 29 de Abril de 1970, na cidade de Cambridge e licenciou-se em artes visuais na Universidade de Harvard, ligando-se desde muito jovem ao mundo da música, chegando a actuar como actriz na Broadway, em Nova York conquistando alguns êxitos com algumas das suas interpretações.
Após alguma insistência, começou a trabalhar com Lauderdale em 1998 na cidade de Portland., alterando por completo a carreira do Grupo que conheceu a partir daí grandes êxitos com os álbuns criados com a sua participação como compositora e como intéprete.

Algumas das suas canções percorreram o mundo em tournées de grande sucesso, destacando-se entre outras; “Uma Noite em Nápoles”; “Donde Estas Yolanda”, “Hey Eugene”; “LillY”; “ Sympathique” “Que Será, Será”; Let´s Never Stop Falling in Love” e muitas outras.

China Forbes no auge da sua carreira não hesitou em arriscar em “colar” a sua voz cálida e melodiosa, aos Clipes desse fabuloso Filme, Gilda, ajustando-se com perfeição ao ritmo diabólico e sensual dessa extraordinária e belíssima actriz chamada Rita Hayworth que tem no Filme realizado em 1945, por Charles Vidor, uma das suas melhores interpretações ao lado desse grande actor de nome Glen Ford.
E é assim que ouvimos extasiados; “Tempo Perdido”; “Amado Mio” “Put Blame on Mame” ao som da voz de China Forbes e ao ritmo de uma sensualidade erótica jamais vista no cinema naqueles tempos e que eu recordo com imensa nostalgia. Podemos dizer sem exageros que a Voz de Forbes se iguala aos dotes de grande bailarina que sempre foi a sedutora e grande actriz Rita Hayworth de quem mais cedo ou mais tarde falarei da sua história fantástica que viveu no cinema e na vida.
Mas hoje, gostaria de chamar a atenção dos melómanos que como eu gostam de viajar pelos sons independentemente do estilo, do ritmo, da origem e da data da sua criação, para que procurem no Youtube essa jovem que nos envolve na doce teia da sua magnífica voz e nos ajuda a alimentar o sonho de que “há mesmo estrelas no céu” que nos vão ajudando a caminhar no espinhoso negrume destes dias sombrios.


Foto tirada mesmo junto à cratera do Vesúvio. O grande Vulcãoque no ano 79DC soterrou as cidades de Pompeia e Herculano, tem tido ao longo várias erupções a última das quais foi em 1944.



 A fotografia a seguir  mostra a Cidália a subir com dificuldade a escarpada encosta com a ajuda de dois varapaus para subir a montanha.
  
  
 Confesso ainda mais… quando estou mesmo triste de verdade, procuro a China Forbes a cantar “Uma Noite em Nápoles”, vou chamar a Cidália e revivemos à nossa maneira, ao som dessa grande Orquestra, os belos momentos que vivemos nessa bela cidade do sul da Itália, que tem uma baía encantadora e o seu centro histórico foi declarado património mundial pela

 UNESCO. É importante que se diga que o excelente pianista e Director da Orquestra, Thomas Lauderdale tem para além de China Forbes  mais dez grandes músicos, cujas interpretações de grande qualidade, ajudaram a conquistar os êxitos alcançados em todo o mundo.
Como empedernido romântico que sou, talvez esteja inadvertidamente a exagerar, mas não custa nada experimentar.
Vão até lá, e depois, podemos conversar!
Martins Raposo
CV – Outubro 2010


Sem comentários:

Enviar um comentário