FOI PRECISO AO HOMEM MUITO TEMPO PARA SE ELEVAR ACIMA DA NATUREZA!

TODA A ARTE É CONDICIONADA PELA SUA ÉPOCA... De Ernst Fischer
















quinta-feira, 14 de abril de 2011

UM HEROI DOS MEUS TEMPOS!

IURI GAGARINE

Em Portugal, logo após a desintegração da União Soviética, a Associação de Amizade-Portugal URSS, adoptou o nome de Iuri Gagarine e como tal ainda funciona em plena actividade.
Iuri Gagarine que nasceu em Kluchine, a 19 de Março de 1934, foi o primeiro homem, a viajar no espaço, bordo do Vostok, um aparelho com tecnologia bastante rudimentar e no qual só havia espaço para uma pessoa.
Foi nesse dia a 12 de Abril de 1961 que o jovem astronauta, deu uma volta completa em redor do nosso Planeta e com grande admiração lançou a célebre frase – A Terra é Azul!

 Foi um voo curto no tempo e no espaço, viajando a 327 kms. de altura e apenas em 108 minutos deu a missão por concluída. Mas a partir desse dia Iuri Gagarine foi considerado uma figura de grande prestígio mundial.
No seu país foi condecorado com as mais altas distinções e recebeu as insígnias de Herói Nacional. Passado algum tempo, foi eleito Deputado no Soviete Supremo.
Iuri Gagarine faleceu em 1968, de um acidente quando efectuava um voo de treino, o seu avião ao tentar desviar-se de um objecto desconhecido, entrou em descontrolo, vindo a esmagar-se no solo.
Já passaram cinquenta anos sobre a extraordinária proeza de Iuri Gagarine, mas ainda mantenho na memória a sua entrada triunfal em Moscovo com a Praça Vermelha completamente cheia de populares e dos mais altos magistrados da nação, que lhe renderam uma significativa homenagem.
Nós, os jovens desse tempo víamos nessa viagem um acontecimento histórico que poderia influenciar positivamente o futuro da humanidade. Viviam-se os tempos duros da “Guerra Fria”, com as duas super-potências, USA e URSS a digladiarem-se ferozmente em todos os campos, apostando sobretudo no armamento e nas novas tecnologias que visavam a supremacia e o controlo de ambas as partes sobre os restantes povos.
A era espacial teve os seus tempos de glória, na qual os astronautas de ambos os países escreveram páginas memoráveis, com importantes descobertas e inovações científicas de grande alcance. Revolucionaram os meios de comunicação por satélite e encontraram novos meios de transporte espacial.
Infelizmente, todos os investimentos feitos por muitos outros países, foram relegados para segundo plano Os grandes objectivos traçados, para continuarmos a explorar os imensos mistérios do nosso cosmos foram atirados para o fundo da gaveta. São os efeitos de outras guerras e de outros interesses a que não são alheios a presente crise que afectam quase todos os povos do planeta.
Os banqueiros nunca gostaram da ciência! Têm sido eles que têm controlado (e descontrolado) a política dos países com mais desumanidade e mais injustiça social.
Restam-nos as recordações! Iuri Gabardine, filho de um modesto carpinteiro, tornou-se num dos mais famosos astronautas de todos os tempos.
ElE FOI O PRIMEIRO!
CV- Abril 2011
Martins Raposo

1 comentário:

  1. E pronto, por muito que lhes doa - aos americanos e aos ocidentais - ele foi o primeiro!
    Outros tempos, outros paradigmas!

    ResponderEliminar