FOI PRECISO AO HOMEM MUITO TEMPO PARA SE ELEVAR ACIMA DA NATUREZA!

TODA A ARTE É CONDICIONADA PELA SUA ÉPOCA... De Ernst Fischer
















quinta-feira, 9 de agosto de 2012

LOUIS ARMSTRONG,

UM DOS MAIS FAMOSOS JAZZEMAN DO MUNDO
Este músico e compositor, nasceu no início do Sec. XX, mais precisamente a 04 de Agosto de 1901 e com ele nascia um novo estilo musical que ficaria conhecido como o Jaz. Ao contrário de muitos outros estilos e ritmos, este continua bem vivo ainda hoje.
Louis, nasceu em Nova Orleans, no seio de uma família muito pobre e a sua primeira Trompete, foi comprada com dinheiro emprestado por uma família amiga. Para ajudar a família, trabalhava como ardina e como sapateiro, mas à noite ia para os bares ouvir música e aos 11 anos formou com outros jovens, um quarteto que actuava nas ruas.
Aos 13 anos já se fazia notar com os seus solos de trompete e pouco a pouco ouvindo os músicos mais velhos e principalmente o Joe “King” Oliver que se assumiu como professor e mentor do jovem Louis que em 1922, acabou por integrar a “Creole Jaz Band” que pertencia àquele músico.
Louis Armstrong tocou nas melhores orquestras e com os melhores músicos do seu tempo, actuando nas cidades de Nova Orleans, Chicago e Nova Iorque que naquele tempo acolhiam este novo estilo musical com grande entusiasmo. Ele próprio constituiu algumas bandas de Jaz, como os “Hot Five e Hot Seven” e os “All Stars”, nas quais participaram músicos muito bons. Nas suas canções mais famosas, Hello Dolly, What a Wonderful World, Stardust, Basin Street Blues, Wen Saint In Marchin, ele tocava e cantava, com a sua voz rouca com um timbre muito especial.
Louis Armstrong entrou em muitos filmes, na sua maioria filmes musicais e nos quais interpretava as suas melhores canções.
 Para além de ter tocado com as orquestras e músicos mais famosos da sua época, Louis Armstrong teve ao seu lado as grandes vozes femininas do Jaz, Bessie Smith, Ella Ftzgerald, Billie Holiday, são algumas das grandes divas que com ele partilharam os seus melhores êxitos.

   
 A vida sentimental deste grande músico foi muito acidentada, vivendo e provocando enormes paixões. Casou quatro vezes e com excepção da primeira mulher, todas as outras o ajudaram na sua carreira musical.

Como cidadão e apesar de ter sofrido injustamente algumas críticas de sectores radicais, o facto é que muitas das suas composições tiveram forte influência da filosofia política de Martins Luther King.
Depois de Louis Armstrong, muitos outros músicos atingiram a mesma fama e o sucesso no jaz, mas ele teve a glória de ter sido um dos primeiros que ajudou com o seu enorme talento a valorizar este novo estilo musical. Ainda hoje serve de exemplo e referência para todos os jovens que se iniciam nesta arte.
Louis Armstrong esteve sempre muito ligado à sua terra. Nova Orleans foi uma das primeiras cidades que pelas características especiais, pelos seus habitantes e pela sua cultura, ajudou a implantar o Jaz nos seus bares e clubs. Daí que Louis tenha dito que “Todas as vezes que eu fecho os meus olhos tocando aquele meu trompete, eu olho logo no coração da boa velha Nova Orleans… Ela deu-me algo pelo que viver.”
O grande Satchmo, faleceu em 06 de Julho de 1971, alguns meses após ter tocado o seu último solo na Sala Imperial do Waldorf- Astoria. Eu tive o meu trompete, uma vida linda, uma família, o Jazz. Agora estou completo. Estas foram as últimas palavras de Louis Armstrong. Um dos mais famosos Jazzmen de todos os tempos e um dos meus músicos favoritos.
Martins Raposo
CV – 04.08.2012