FOI PRECISO AO HOMEM MUITO TEMPO PARA SE ELEVAR ACIMA DA NATUREZA!

TODA A ARTE É CONDICIONADA PELA SUA ÉPOCA... De Ernst Fischer
















quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

                                        CARLOS GARDEL
                             O MAIOR ENTRE OS MAIORES
É considerado um dos mais famosos intérpretes do tango argentino. O seu nascimento está envolvido em uma polémica, havendo uma cidade francesa e uma cidade do Uruguai que disputam a primazia do seu nascimento. Gardel costumava dizer: "Nasci em Buenos Aires aos dois anos de idade". De qualquer modo parece ser  Tacuarembó o lugar onde Carlos Gardel nasceu em 11 de Dezembro de 1930.
A sua fama ultrapassou fronteiras e hoje podemos afirmar que graças à sua maravilhosa voz, Gardel, pertence a todos nós, habitantes deste "controverso" Planeta.
Começou muito jovem a cantar nos bares dos subúrbios da cidade de Buenos Aires e muito rapidamente a sua voz, forte e calidamente sensual, foi-se impondo numa altura em que o Tango já estava emancipado como música popular muito procurada, por diferentes extractos sociais. Canções como "Mano e Mano", Tomo Y Obligo", "Golondrina", "Melodia de Arrabal", "Volver", "Por Una Cabeza", "Mi Buenos Aires Querido" e "El Dia Que Me Qieras", são alguns dos melhores tangos alguma vez cantados.


 
Gardel trabalhou com bons músicos, compositores e letristas do tango, entre outros convém destacar os nomes de; Guilhermo Barbieri, Discépolo, Alfredo Le Pera e Juan Dias Filisberto. A sua orquestra preferida chamava-se Terig Tucci.

A Argentina deu ao mundo muitos dos melhores músicos e cantores de Tango, porém Carlos Cardel, merece por direito próprio um lugar de destaque entre todos eles, ele foi o intérprete de quase todos os melhores tangos da sua época.

Carlos Gardel, faleceu de um desastre aéreo, na cidade de Medelin, na Colombia, no dia 24 de Junho de 1935. Tinha apenas 45 anos de idade, mas graças à sua maravilhosa voz, continua vivo em todos os corações amantes da Boa Música.
Hasta Siempre, GARDEL!
http://youtu.be/ZgcqijaUxdg
CV-11.12.2013
Martins Raposo
Notas: in - O Guia do Tango de Pierre Monete (Tad. de José Quitério e José Labaredas); Wiki.

 

Sem comentários:

Enviar um comentário