FOI PRECISO AO HOMEM MUITO TEMPO PARA SE ELEVAR ACIMA DA NATUREZA!

TODA A ARTE É CONDICIONADA PELA SUA ÉPOCA... De Ernst Fischer
















sábado, 4 de janeiro de 2014

                      UMA PASSAGEM DE ANO MARAVILHOSA
Parafraseando o "outro", Passagens de Fim de Ano há muitas. Geralmente são Festas muito animadas, por vezes acontecem em Salões brilhantes, com grandes orquestras e onde nos rimos muito para pessoas que nunca vimos. Temos as Festas em Família, carregadas de velhas recordações e afectos sentimentais. Bebemos e comemos e jogamos às cartas. Temos também aquelas Festas em que fomos convidados por uma caterva de gente nas quais o responsável pela música tem dificuldade em acertar. Todas têm a sua importância e quase sempre ficamos com a ideia que nos divertimos a valer. Finalmente existem aquelas Festas em que se conseguem juntar os bons amigos e no qual se harmonizam os sabores com os cantares, ou sejam consegue-se a sublimação da amizade com a música criando-se  um ambiente de rara beleza e sensibilidade. Isto foi  o que aconteceu este ano de 2013!
Os cantores mais em evidência, foram o Cesino Alves e o António Manuel Busca, mas houve mais, A Lurdes João cantou o "Barco Negro" e "Manolo Mio", muito bem. Outros fizeram lá, lá, lá. Os donos da casa dançaram ao som de uma modinha portuguesa e o resto da malta animaram o serão, com alegria e boa disposição.
Aqui ficam os seus nomes para recordação, dos momentos maravilhosos  que todos ajudaram a construir numa bela noite de Fim de Ano e princípio de Outro. António João, António Manuel, Cesino Alves, Cidália Raposo, Cristina Cascão, Elisa , João dos Reis, José Pedro, José Raposo, Lurdes Cruz, Maria da Piedade, Maria de Alegria, Orminda Busca e Teresa Matos.
 
Martins Raposo, 01 de Janeiro de 2014, em Castelo de Vide e na Portagem.